Page Nav

HIDE

Últimas Notícias

latest, Política

Chocante!!! blogueira foi presa em Teresina acusada de mandar matar mulher

 

A blogueira identificada como Maria Clara Sousa Nunes Bezerra, conhecida como Clarynha Sousah, de 25 anos, suspeita do planejamento e execução do esquartejamento de Silvana Rodrigues de Sousa, na zona Sudeste de Teresina, foi presa nesta segunda-feira (08/07). O crime possivelmente aconteceu no dia 23 de junho, e o corpo da vítima foi encontrado enterrado em um matagal na Vila da Guia, três dias depois.


Segundo informações da Polícia Civil, a suspeita foi presa na casa da mãe, na mesma região onde a vítima foi encontrada com o corpo esquartejado. Os levantamentos das autoridades apontam que a mulher atua como disciplina na facção criminosa do Primeiro Comando da Capital (PCC).


Há provas concretas sobre o crime, e, conforme as investigações, Maria Clara estaria com a vítima já morta, porém antes dela ser esquartejada. A polícia aponta que a motivação do crime se trata de uma rixa entre facções. Nuances do crime elucidam que os suspeitos do crime desconfiavam que Silvana atuava como infiltrada de uma facção rival na mesma região.


Ainda de acordo com a Polícia Civil, através da perícia, a vítima teria sido enforcada e, logo em seguida, foi esquartejada e colocada dentro de sacolas. Os motivos do esquartejamento levam ao nível de castigo e demonstração do nível de poder da facção e à tentativa de ocultar o cadáver.


A mulher apontada como mandante do crime possui passagem por tráfico de drogas e receptação. A Polícia Civil continua em diligências para localizar os outros envolvidos na morte.
Acima a vítima Silvana Rodrigues de Sousa

No dia 26 de junho, um corpo foi encontrado enterrado em um matagal na Vila da Guia, zona Sudeste de Teresina. A Polícia Civil suspeita que a mulher tenha sido assassinada no último domingo (23/06) dentro de uma casa abandonada na mesma região.


De acordo com o delegado Bruno Ursulino, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a perícia identificou que a mulher foi morta dentro da casa e esquartejada. O corpo foi colocado em dois sacos de estopa, que foram levados para uma área de mata vizinha à casa e enterrados em covas de aproximadamente um metro de profundidade. Os criminosos tentaram cobrir a cova para esconder os vestígios.


Fonte: Conecta Piauí

Nenhum comentário